Benefícios estão sendo concedidos normalmente, diz diretora do INSS – Guajara Hoje

Benefícios estão sendo concedidos normalmente, diz diretora do INSS

<div class="media_box full-dimensions460x305">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/diretora-de-beneficios-do-inss-marcia-eliza-de-souza-14012020020015969?dimensions=460×305" title="Diretora de benefícios do INSS, Márcia Eliza de Souza" alt="Diretora de benefícios do INSS, Márcia Eliza de Souza" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">Diretora de benefícios do INSS, Márcia Eliza de Souza</span>
<span class="credit_box ">Reprodução/Record TV</span>
</div>
</div>

<p>
A diretora de benefícios do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), Márcia Eliza de Souza, garantiu que a concessão dos requerimentos está sendo feita normalmente.</p>
<p>
Em entrevista exclusiva ao Jornal da Record, Márcia negou que a análise de benefícios tenha sido suspensa. Ela explicou que houve um aumento do estoque de pedidos em decorrência da aposentadoria de 7 mil servidores.</p>
<p>
“O INSS teve no ano passado uma perda de mais de 6 mil servidores por aposentadoria, mas têm sido adotadas medidas de gestão para suprir a ausência desses servidores”.</p>
<p>
<strong>Leia também: <a href="https://noticias.r7.com/economia/baixo-numero-de-servidores-do-inss-aumenta-fila-por-aposentadorias-13012020">Baixo número de servidores do INSS aumenta fila por aposentadorias</a></strong></p>
<p>
Entre as ações para reduzir a fila, ela citou que benefícios, como salário-maternidade, aposentadoria rural-urbana e aposentadoria por tempo de contribuição, já estão sendo concedidos de forma automática, sem a necessidade do servidor.</p>
<p>
“Os nossos segurados requerem através de canais remotos, e o sistema já tem todas as informações e concede (o benefício). Não necessita do servidor.  Foram aproximadamente 800 mil benefícios concedidos, no ano passado, só na concessão automática”, disse.</p>
<p>
A diretora afirmou que o INSS segue trabalhando para reduzir a fila que aumentou quando os requerimentos passaram a ser online. Mas de acordo com ela, a permissão para que servidores possam trabalhar fora do horário de expediente está reduzindo a demora na concessão do benefício.</p>
<p>
“A gente vem trabalhando o ano inteiro para poder dar vazão a esse estoque que havia e não deixar formar novos estoques. Esse é nosso objetivo. A gente vem trabalhando muito em cima disso, criando várias frentes de trabalho, buscando esse atendimento ao cidadão”.</p>
<p>
Atualmente, segundo Márcia de Souza, o INSS tem 1,9 milhão de requerimentos para serem analisados. Do total, 1,3 milhão estão na fila há mais de 45 dias (prazo máximo legal).</p>
<p>
“Dentro desse número, 500 mil são daqueles que a gente já analisou, mas está dependendo de exigências que o segurado nos traga mais informações”, explicou.</p>
<p>
<strong>Assista à entrevista na íntegra</strong></p>

<div class="media_box embed video_box" data-name="r7"><iframe width="640" height="360" frameborder="0" marginheight="0" marginwidth="0" scrolling="no" src="https://player.r7.com/video/i/5e1d398a1df97bc0e6000280" allowfullscreen></iframe></div>

Powered by WPeMatico

Please follow and like us:
error0