Clientes reclamam da falta de dinheiro em caixas eletrônicos e banco é multado em Guajará

 

Moradores de Guajará-Mirim, reclamaram da falta de dinheiro nos caixas eletrônicos de um banco da cidade desde o feriado de Carnaval. A prefeitura, ao fiscalizar a situação, comprovou as denúncias e multou o banco, que deve recorrer da decisão.

Na última semana, clientes não puderam retirar dinheiro em nenhum dos 12 caixas da agência do Banco do Brasil em Guajará-Mirim.

Segundo moradores e turistas, o banco tem apresentado diversos problemas na prestação de serviços oferecidos aos clientes. Entre os mais comuns estão a falta de dinheiro e caixas travados, que impossibilitam saques e depósitos.

“Tive problemas para sacar dinheiro, principalmente nos primeiros dias do mês, e também temos problemas de não ter outros caixas disponíveis em outras partes da cidade. Então a gente tem que esperar muitos dias para que a situação se normalize”, disse Gabriel Vilard, porfessor.

Além disso, alguns clientes acabam deixando de pagar as contas porque não conseguiram realizar o saque do dinheiro.

“Semana passada vim com minha mãe para sacar o nosso dinheiro para pagar os nossos compromissos e acabou que não conseguimos pagar algumas dívidas. Essa também não é a primeira vez que isso acontece, em pleno feriado a gente quer sair com a família e acaba nem saindo porquê não tem dinheiro nos caixas”, explicou Geciara de Oliveira.

Atualmente, três caixas estão sem funcionar por conta de problemas técnicos e só voltarão a operar após a chegada de um técnico.

Multa

De acordo com Lei Municipal de Guajará-Mirim 1.673/13, artigo 62, os caixas eletrônicos não podem ficar por mais de 30 minutos sem dinheiro. Caso o banco ultrapasse esse tempo sem fazer o abastecimento do caixa, a Divisão de Fiscalização multará a agência.

A Divisão de Fiscalização recebeu a denúncia de que não era possível sacar dinheiro em nenhum dos caixas existentes na agência desde o primeiro dia de carnaval. Agentes da divisão foram ao banco checar a denúncia e constataram que os caixas estavam desabastecidos.

O banco foi autuado e multado em pouco mais de R$ 155 mil e tem até 30 dias para recorrer.

Essa não é a primeira vez que a prefeitura multa o Banco do Brasil por causa da falta de dinheiro nos caixas. Conforme consta no sistema da Divisão de Fiscalização, o banco já foi multado nos anos de 2013, 2014, 2015 e agora em 2019.

O banco

Em nota, o Banco do Brasil informou que cumpre com todos os prazos de atendimento estabelecidos pelas legislações municipais. E que em relação à agência Guajará-Mirim, houve situação atípica após o feriadão de Carnaval, prontamente solucionada pela unidade do BB naquele município. O Banco avalia recorrer da decisão

Por Fabiano do Carmo, G1 Guajará-Mirim e Região

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *