Confira dicas para tirar de letra os vestibulares do meio do ano

Os vestibulares de meio de ano estão chegando, mas ainda dá tempo de se preparar para as provas. O professor e ‘edutuber’ Daniel Ferretto dá algumas dicas para os estudantes que ainda não começaram a estudar para esses exames. Confira:

Em primeiro lugar é preciso organizar um plano de estudos a curto prazo. “Importante abranger todas as disciplinas, mas é preciso realizar tarefas menores”, explica Ferretto. “Aproveite o fim de semana para organizar as matérias e assuntos que irá estudar durante a semana”. Não adianta fazer um plano mirabolante e impossível de cumprir. Estabeleça um horário de estudos com pausas e distribua o conteúdo. Estudar entre 8h e 10h por dia é tempo mais que suficiente para colocar a matéria em dia

Mantenha o foco. Não adianta estabelecer um cronograma se ficar de olho nas redes sociais ou trocando mensagens. Deixe o celular apenas para pesquisas, se necessário. Avise amigos e família que esse tempo é dedicado aos estudos, evite interrupções desnecessárias, caso contrário não vai conseguir cumprir o calendário. Deixe o celular para os momentos de pausa

Quando for estudar, comece sempre pela parte teórica. Entenda os conceitos, teorias e finalize seu estudo da matéria fazendo exercícios, principalmente de provas e vestibulares de anos anteriores

Vai prestar uma determinada universidade? Pegue as provas dos anos anteriores. “Alguns assuntos são recorrentes, sempre cobrados ou priorizados”, diz Ferretto. “Vale refazer as provas dos vestibulares anteriores, é um bom termômetro para saber qual o conteúdo pedido e o que precisa ser aprofundado ou revisado”

É válido estudar diariamente, sem dúvida. Mas tão importante quanto é parar e respirar. “As pausas são fundamentais para não prejudicar a saúde. Fazer pausas para atividades físicas ou ajudar em casa tornam o plano de estudo sustentável”, afirma Ferretto. “Alguns estudantes ficam imersos nos estudos e não conseguem manter o ritmo porque é exaustivo, é preciso se doar, mas sem se prejudicar”, avalia

Please follow and like us:
error0