Eleitores de 3 cidades de SP elegem novos prefeitos neste domingo (17)

15 candidatos concorrem ao pleito nas três cidades

15 candidatos concorrem ao pleito nas três cidades
Diego Herculano/Folhapress

Mais de 70 mil eleitores das cidades de Cajamar, Lagoinha e Macaubal voltam às urnas neste domingo (17) para elegerem os novos prefeitos e vice-prefeitos dos municípios. A votação ocorre das 8h às 17h após cassação das chapas eleitas em 2016.

Os mais votados serão automaticamente eleitos e devem ter seus nomes conhecidos ainda neste domingo. A diplomação dos novos prefeitos e vices está prevista para 22 de abril. Os candidatos eleitos cumprirão os mandatos suplementares até 31 de dezembro de 2020.

A tecnologia que revela o resultado da eleição poucas horas após o fim da votação

No ano passado, os eleitores de 19 cidades de 13 Estados tiveram a oportunidade de escolher durante o segundo turno das eleições presidenciais novos prefeitos após o afastamento dos eleitos por decisões judiciais.

De acordo com o TRE (Tribunal Regional Eleitoral), a realização das eleições suplementares está prevista no artigo 224 do Código Eleitoral. O texto prevê a convocação de um novo pleito em casos de indeferimento do registro, cassação do diploma ou a perda do mandato de candidato eleito em pleito majoritário.

Cajamar

Maior cidade entre as que realizam as eleições neste domingo, Cajamar é localizada na Grande São Paulo e conta com 62.772 eleitores aptos a votar em oito candidatos.

As eleições suplementares foram convocadas na cidade após a chapa composta por Ana Paula Polotto Ribas (PSB), e da vice, Dalete de Oliveira (PCdoB) ser cassada pela Justiça Eleitoral por prática de abuso de poder político e econômico nas eleições municipais de 2016.

Concorrem ao pleito Alexandre Lima (Patriota), Danilo Joan (PSD), Eurico Missé (DEM), Francisco Thainan (PSOL), Messias (PSDB), Shima Gás (PSC), Tunico Azevedo (DC) e Vaguinho Cajamar (PSL).

Lagoinha

Situada na região do Alto Paraíba, o município de Lagoinha conta com 5.061 eleitores que terão a chance de voltar às urnas e escolher entre Arquimedes Lagoinha (PSOL), Diego (DEM), Tiago Magno (PR) e Zé Galvão (PSDB).

Na cidade, o novo pleito leva em conta a cassação dos mandatos do prefeito Claudio Henrique da Silva (MDB), e do vice, Francisco Diogo de Carvalho (PSD), por abuso de poder econômico.

Macaubal

Localizada a 500 km de São Paulo, Macaubal soma 5.947 eleitores aptos a escolher o novo prefeito da cidade entre os candidatos Acácio (PV), Rose da Farmácia (PTB) e Wanderlei Melhado (PSDB).

A eleição suplementar no município ocorre após o prefeito eleito em 2016, João Florêncio Neto (PSDB), ter o mandato pela Câmara Municipal da cidade pelo ato de improbidade administrativa.

Please follow and like us:
error0