EUA devem confirmar prioridade de ingresso na OCDE ao Brasil – Guajara Hoje

EUA devem confirmar prioridade de ingresso na OCDE ao Brasil

<div class="media_box full-dimensions660x360">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/bolsonaro-trump-junho19-30072019105652870?dimensions=660×360&amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;resize=660×360&amp;amp;crop=1151×628+0+114&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;resize=660×360&amp;amp;crop=1151×628+0+114" title="EUA devem enviar documento que dá prioridade de entrada do Brasil na OCDE" alt="EUA devem enviar documento que dá prioridade de entrada do Brasil na OCDE" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">EUA devem enviar documento que dá prioridade de entrada do Brasil na OCDE</span>
<span class="credit_box ">Kevin Lamarque / Reuters – 30.6.2019</span>
</div>
</div>

<p>
O governo dos Estados Unidos decidiu dar prioridade ao Brasil para ingressar na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), o mais importante grupo de cooperação econômica do mundo. A informação é do repórter Thiago Nolasco, da <strong>Record TV</strong>. </p>
<p>
<strong>Leia também: <a href="https://noticias.r7.com/brasil/embaixada-dos-estados-unidos-reafirma-apoio-ao-brasil-na-ocde-10102019" target="_blank">Embaixada dos Estados Unidos reafirma apoio ao Brasil na OCDE</a></strong></p>
<p>
Fontes do governo brasileiro garantem que a intenção deverá ser confirmada nesta quarta-feira (15), com a apresentação de um documento ao bloco que, atualmente, conta com 36 países. </p>
<p>
Em outubro de 2019, <a href="https://noticias.r7.com/internacional/eua-barram-entrada-de-brasil-na-ocde-depois-de-apoio-de-trump-10102019" target="_blank"><strong>a primazia havia sido oferecida à Romênia e Argentina</strong></a>, apesar de os americanos terem mantido o apoio à inclusão dos brasileiros, mas a mudança seria o resultado de uma intensa aproximação entre os governos do Brasil e dos Estados Unidos.</p>
<p>
Além da intensificação das relações entre os países, a eleição do novo presidente argentino, Alberto Fernández, que não é alinhado a Donald Trump, seria outro detalhe que poderia ter influenciado na preferência norte-americana pela inclusão do Brasil no bloco econômico internacional.</p>

Powered by WPeMatico

Please follow and like us: