Resultado do Sisu já está disponível na internet

Convocação da 2ª chamada será no dia 19 de junho

Convocação da 2ª chamada será no dia 19 de junho
A8SE

O resultado do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) já está disponível na página do programa. O anúncio foi feito pelo secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel, na tarde desta segunda-feira (10). Vogel também apresentou dados do Sisu e ProUni (Programa Educação para Todos), que terá inscrições abertas a partir desta terça-feira (11).

De amanhã até o dia 17 de junho, os interessados podem participar da lista de espera. A convocação da segunda chamada será no dia 19 de junho.

O período de matrículas será de quarta-feira (12) até o dia 17. Para a matrícula, os estudantes devem observar os dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em seu edital próprio.

MEC bloqueia mais 2.7 mil bolsas de mestrado e doutorado no Brasil

De acordo com o secretário-executivo do MEC, participaram desta edição do Sisu 76 instituições, foram oferecidas 59 mil vagas e foram 640 mil inscritos, um aumento de 24% nas inscrições.

Segundo Vogel, o Nordeste teve maior quantidade de vagas e inscritos. A unidade da federação com o maior número de vagas foi o Rio de Janeiro. Universidades com mais inscrições foram a UFMA (Universidade Federal do Maranhão) e a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

O curso com mais procura foi Medicina com 117 pessoas por vaga e a maior nota de corte foi 838 em Direito para a Universidade Federal Fluminense.

Sobre o ProUni, as inscrições começam na terça (11) e vão até a sexta-feira (14) apenas pela internet. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 18 de junho.

MEC estuda rever suspensão de novos cursos de Medicina

“Teremos 1100 universidades, sendo 169 mil bolsas ofertadas, sendo que São Paulo oferece a maior quantidade de bolsas integrais e a Bahia com parciais”, diz Vogel. “Estão sendo ofertadas 41 mil vagas para Ensino à Distância, metade das bolsas integrais são em curso EAD”.

Durante a coletiva de imprensa, o Secretário não quis comentar a decisão de uma juíza da Bahia que suspende o corte de orçamento do MEC. “Essa é uma questão que deve ser respondida pela AGU [Advocacia Geral da União]”, afirmou ele. 

Vogel também não quis comentar a respeito da nota emitida no dia 30 de maio na qual “desautoriza” pais, alunos, professores e funcionários a divulgarem ou estimularem protestos pelo direito à educação. O MPF (Ministério Público Federal) deu dez dias para o MEC cancelar o documento. O prazo vence nesta segunda-feira (10).

Please follow and like us:
error0