Veículo roubado em Porto Velho é recuperado em menos de 5 horas pela Polícia na fronteira com a Bolívia – Guajara Hoje

Veículo roubado em Porto Velho é recuperado em menos de 5 horas pela Polícia na fronteira com a Bolívia

Foto: Polícia Civil/divulgação

 

Ao tomarem conhecimento do roubo de um veículo caminhonete, policiais da Unidade Especializada de Fronteira (Unesfron), do Serviço de Investigação, Vigilância e Captura (Sevic) e Divisão de Homicídios (D.H.), da Polícia Civil, conseguiram localizar o carro escondido dentro de uma casa no bairro Jardim Esmeralda (Jardim das Esmeraldas), no município de Guajará-Mirim/RO, no início da tarde deste sábado, 22. Uma pessoa foi presa, um homem e uma mulher conduzidos até a Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos.Uma mulher de 58 anos com o carro modelo S-10, de cor prata, tarjeta NCE 1664 de Porto Velho, por volta de 08h20min deste sábado, chegou em frente à sua casa situada no bairro Ronaldo Aragão, quando foi rendida por assaltantes que estavam em um carro. Os homens levaram o seu veículo, ela ficou na mira dos assaltantes e depois foi amarrada, ao conseguir se soltar ela comunicou a Polícia Militar da Capital, que repassou a informação para os policiais.

A informação que um veículo acabara de ser guardado dentro de uma casa situada a Avenida Toufic Melhem Bouchabki, 5350, chegou aos policiais que fizeram o cerco. O carro com as mesmas características do veículo roubado estava na varanda, na tentativa de conversar com os moradores da casa, os policiais observaram que um homem saiu até a varanda e correu para dentro da casa quando descobriu que tratava-se da Polícia, o que não impediu que os policiais entrassem na casa pulando muro e cerca elétrica, o homem tentou fugir, mas foi contido. Fainer Cusirimay Saucedo, de 29 anos, de nacionalidade boliviana disse que a casa lhe foi cedida para morar, no entanto alegou também que recebia atribuições de uma mulher, que instantes antes a sua prisão teria entrado em contato com o mesmo para cuidar do carro. Tanto a mulher como o homem que cedeu a casa para morar foram convidados a prestar esclarecimentos na Delegacia de Polícia Civil de Guajará-Mirim. O homem confessou ter cedido a casa que é deu seu irmão, que está preso, já a mulher alegou que apenas cobrava o aluguel. Os policiais continuam as investigações. O veículo será restituído a vítima. Fainer foi preso em flagrante pela prática de receptação e entregue no presídio masculino, à disposição da Justiça.

Please follow and like us:
error0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *