Bolsonaro inaugura no Ceará trecho da transposição do São Francisco  – Guajara Hoje

Bolsonaro inaugura no Ceará trecho da transposição do São Francisco 

Obra, concluída, beneficiará 12 milhões de pessoas
Divulgação / Ministério do Desenvolvimento Regional

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participou, nesta sexta-feira (26), no Ceará, da inauguração de um trecho das arrastadas e polêmicas obras da transposição do Rio São Franciso a municípios do Nordeste.

Em entrevista rápida à imprensa local, o presidente afirmou que o compromisso de seu governo foi não deixar nenhuma obra parada no país. “[A transposição] É uma novela enorme que está chegando ao fim.”

‘Novela chegando ao fim’
Reprodução/Twitter/Jair Bolsonaro

Bolsonaro destacou a importância da obra para a irrigação das terras e para o consumo dos nordestinos dessas regiões.

O presidente acionou a abertura da comporta do município de Penaforte, no sul do Estado do Ceará e a cerca de 550 quilômetros da capital, Fortaleza.

Bolsonaro participou do evento ao lado dos ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, Augusto Heleno, e do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

PF investiga desvios de R$ 200 milhões na transposição do São Francisco

O governador do Estado, Camilo Santana (PT), não participou da inauguração. Ele declarou, em um post em suas redes sociais, que só voltará ao local da transposição “após superarmos este grave momento de pandemia”.

A obra, quando for terminada, terá 477 quilometros de extensão e levará as águas do rio a 12 milhões de pessoas que hoje sofrem com a escassez.

Segundo o governo federal, a transposição concluída vai beneficiar 390 municípios de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte.

O trecho inaugurado faz parte do Eixo Norte do projeto de integração do Rio São Francisco ao Ceará.

O Rio São Francisco, chamado também de Velho Chico, possui aproximadamente 2.830 quilômetros de extensão, e sua nascente está localizada na Serra da Canastra, em Minas Gerais. 

A obra de transposição, bastante criticada por ambientalistas, que vêm problemas na alteração do leito do rio, teve início em 2007, ainda no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Orçada originalmente em R$ 8,2 bilhões, a megaconstrução teve inúmeros reajustes desde então e várias denúncias de desvios de verbas. 

Veja o vídeo da inauguração, da TV Brasil:

Powered by WPeMatico

Please follow and like us: