Como estudar com o Método Cornell? – Guajara Hoje

Como estudar com o Método Cornell?

Existem diferentes formas e meios de anotar as informações vistas durante uma aula ou em apostilas e livros. Porém, qual é a melhor forma? Buscando resolver essa questão, na década de 1940, o professor Walter Paulk da Universidade de Cornell desenvolveu um sistema de anotações que ficou conhecido como Método Cornell.

Apesar de ter sido pensado há décadas, o Cornell Note Taking System (original do inglês) segue mais atual do que nunca e se apresenta como uma ótima ferramenta para organizar os estudos.

método cornell
Blog QG do Enem

Como funciona?

Sua estrutura é simples e para aplicá-la basta um papel e uma caneta – ou um aplicativo de anotações em seu computador ou tablet, tal como o Word ou Google Docs.

Antes do começo de sua aula, divida a página em três partes: uma para suas anotações; outra para questões e tópicos e, por fim, deixe um espaço para sintetizar o que foi aprendido nessa aula.

A divisão ficaria dessa forma:

Blog QG do Enem
Blog QG do Enem

Reprodução/EAD

Feito isso, a aplicação do Método Cornell pode ser resumida em três passos. Vejamos:

Anotar: durante a aula, use a seção de anotações para registrar, com suas palavras, aquilo que o(a) professor(a) está explicando. Palavras-chave, abreviações e esquemas são bem vindos!
Resumir: após o fim da aula ou o quanto antes, resuma o que você entendeu em algumas frases na coluna “Sumário” que deve ser colocada no fim da última folha usada.
Questionar: na coluna “questões/tópicos”, formule questões baseadas nas suas anotações ou palavras-chave relacionadas às frases anotadas. A ideia aqui é refletir sobre o conteúdo visto de diferentes formas e ajudar na memorização.

Após escrever as questões, um exercício proposto é cobrir a coluna das anotações e responder as perguntas que você criou a partir delas.

Blog QG do Enem
Blog QG do Enem

Reprodução/WikiHow

Com uma estrutura simples, esse sistema se destaca por ser uma forma fácil de organizar e absorver conteúdo estudado. Além disso, é um grande aliado na hora de estudar para as provas!

Posso fazer adaptações?

Sim! A ideia do Método Cornell não é limitar quem o está usando, mas sim oferecer um sistema de anotações adaptável às necessidades de cada estudante.
Por exemplo, algumas pessoas preferem usar as colunas de Tópicos e Anotações ao mesmo tempo. Não há problema.

Por que usar o Método Cornell?

Resumindo seus principais benefícios:

Anotações organizadas e fáceis de consultar;
Estimula seu cérebro a trabalhar de diferentes formas na hora de estudar, fortalecendo a memória e capacidade analítica;
É adaptável a diferentes meios (aulas presenciais/online, leituras, palestras) e formas de estudar.

Seja na preparação para o vestibular ou para uma prova, a forma como você organiza aquilo que estuda faz toda a diferença! No entanto, sabemos que achar a melhor maneira não é sempre fácil. Dentro desse cenário, o Método Cornell pode ser a solução ideal para você.

Conheça outras técnicas e dicas para otimizar seus estudos

O post Como estudar com o Método Cornell? apareceu primeiro em Blog do QG do Enem.

Powered by WPeMatico

Please follow and like us: