Luizinho Goebel Fiscaliza Rodovia Expresso Porto na capital e constata má conservação da pavimentação asfáltica – Guajara Hoje

Luizinho Goebel Fiscaliza Rodovia Expresso Porto na capital e constata má conservação da pavimentação asfáltica

O deputado estadual, Luizinho Goebel (PV), usou as redes sociais para cobrar providências do governo do estado e do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) a recuperação da rodovia Expresso Porto – importante via que liga a BR-364 até os portos que estão à margem do rio Madeira, na Capital do estado.

Num vídeo de mais de 2 minutos, o parlamentar mostra o real cenário da rodovia estadual – rota de escoamento de produção – que é utilizada por centenas de carretas carregadas todos os dias. Vale ressaltar que, em dezembro de 2019, o governo lançou oficialmente a pavimentação asfáltica da rodovia que engloba cerca de 5 quilômetros.

“Infelizmente o trabalho de conservação dessa importante rodovia é vergonhosa.

Praticamente toda a produção de Rondônia e parte de Matogrosso passa por essa via. “Contudo, o que podemos atestar hoje é que temos um trecho não pavimentado sem nenhuma manutenção e um trecho pavimentado sem qualquer trabalho de conservação por parte do órgão responsável”, destacou Goebel.

O deputado também frisou que o trecho de 400 metros pavimentado há aproximadamente 100 dias com material de primeira qualidade está se desintegrando. Além disso, em vários pontos da rodovia é claramente visível a formação de buracos que podem ocasionar graves acidentes.

“Olhem o prejuízo que já deu aos cofres públicos os 400 metros de asfalto que foi feito há pouco tempo. Imaginem se tivessem concretizado os 05 quilômetros como prometido pelo governador Marcos Rocha e pelo diretor do DER no dia do lançamento desta obra. Estou muito indignado com essa situação. O governo precisa tomar providências imediatas. A população merece respeito”, encerrou o parlamentar.

FONTE E FOTOS: ASSESSORIA

DA REDAÇÃO DO HOJERONDONIA

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *