Saiba como o coronavírus pode cair nos vestibulares e no Enem – Guajara Hoje

Saiba como o coronavírus pode cair nos vestibulares e no Enem

Infectologia pode marcar presença nos vestibulares
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Com mais de 80.000 casos confirmados pelo mundo, o coronavírus é, sem dúvida, um  assunto que preocupa a população em escala global neste início do ano. Para professores ouvidos pelo R7, o assunto também pode estar presente nos vestibulares e no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Detectado pela primeira vez em Wuhan, na China, em janeiro deste ano, o COVID-19 deixou o mundo em alerta com o perigo de sua infecção.

Para Edmilson de Castro, coordenador do Ensino Médio da Escola Viva, tanto questões objetivas quanto a redação podem estar relacionadas ao tema, mas com  ênfase em aspectos mais específicos da doença. 

Leia também: Documentários que vão expandir sua visão de mundo

Como observa o coordenador de Biologia do Grupo Etapa, Daniel Berto, infectologia pode ser o assunto preferido nas questões de biologia, vale estudar o contágio, o ciclo de vida do vírus e as medidas de prevenção. A imunização de crianças e idosos e os efeitos do vírus no sistema respiratório também podem ser abordados.

O coronavírus pode surgir ainda como tema da redação. Neste caso, os professores orientam que é bom se manter informado através de jornais, revistas e portais de internet (acompanhe a cobertura especial do tema pelo R7). Ficar ligado em boletins de organizações de saúde e instituições governamentais como a OMS (Organização Mundial de Saúde) e o Ministério da Saúde podem ajudar.

Leia também: Projeto ajuda estudantes de escolas públicas a entrarem na faculdade

Os professores reforçam a necessidade dos educadores construírem uma ‘ponte’ entre o que está acontecendo no mundo e a sala de aula. “Por ser um assunto de saúde pública, é uma preocupação multidisciplinar”, afirma Castro, da Escola Viva. E Berto, do Etapa, complementa: ‘é fundamental que os professores forneçam o contexto da epidemia para o aluno, para que ele compreenda e estude o assunto profundamente’.

*Estagiário sob supervisão de Karla Dunder

Powered by WPeMatico

Please follow and like us: